SEGURANÇA EM AMBIENTE ESCOLAR

AMBIENTE ESCOLAR
As crianças passam a maior parte do tempo na escola. Por isso, é importante que esse ambiente garanta a segurança delas. Ultimamente, quando você ouve falar sobre segurança nas escolas, o pensamento inicial refere-se à violência.
No entanto, existem também outros perigos no ambiente escolar, como os acidentes no playground, durante as práticas esportivas e no transporte escolar.
Como prevenir acidentes com crianças em escolas e playgrounds
Conheça os playgrounds onde as crianças brincam;
Procure equipamentos apropriados para a idade das crianças e verifique se os equipamentos estão enferrujados, quebrados ou contêm superfícies perigosas;
Denuncie qualquer problema à escola;
A maioria das lesões envolvendo playgrounds é causada por quedas. O risco de lesão é quatro vezes maior se a criança cair de um brinquedo acima de 1,5 metro.
O playground deve ser instalado em piso que absorva impacto, como um gramado, um piso emborrachado ou areia fina. Jamais deve ser instalado em piso de concreto ou pedra;
Tire o capuz e o cachecol de todas as crianças para evitar perigos de estrangulamento nos playgrounds;
Se seu filho participa de programas esportivos, converse com o coordenador ou técnico para assegurar-se de que os seguintes itens estão presentes na escola: condicionamento físico e psicológico apropriados, equipamento de segurança, ambiente seguro para a atividade, supervisão adequada de adultos, regras de segurança e um plano de emergência médica;
Certifique-se de que as crianças, quando praticam esportes, estão agrupadas de acordo com seus níveis de habilidade, peso e maturidade física, especialmente para esportes de contato.
Ensine à criança
Ensine à criança regras de comportamento nos playgrounds, como não empurrar, não dar encontrões e nem se amontoar. Mostre quais são os equipamentos apropriados para a faixa etária dela;
Ensine às crianças a ficarem na calçada e a evitarem qualquer brincadeira grosseira. Ensine-as a esperarem que o ônibus ou a perua escolar pare completamente para subir ou descer, a observarem os carros e a estarem sempre visíveis ao motorista;
Lembre suas crianças de ficarem sentadas e manterem a cabeça e os braços dentro do ônibus, enquanto este estiver em movimento;

Explique à criança que, para descer do ônibus, ela deve esperar que ele pare completamente, sair pela porta da frente usando o corrimão, para evitar quedas, e, depois, aguardar a saída do ônibus para atravessar a rua ou atravessá-la, pelo menos, 3 metros à frente do ônibus.
O que torna alguns playgrounds mais seguros que outros?
Os playgrounds mais seguros são aqueles que atendem à certificação da norma da ABNT. O playground não deve apresentar parafusos e pregos aparentes ou enferrujados, madeiras lascadas ou podres, piso de asfalto, concreto ou com pedregulhos. Os materiais utilizados, assim como a tinta, devem ser atóxicos.
Os playgrounds devem passar por manutenção freqüente?
Sim. Mesmo em playgrounds bem cuidados, assegure-se de que as crianças estejam sob supervisão o tempo todo e de que elas brinquem em equipamentos adequados à sua idade.
Além das dicas aqui referenciadas cabe salientar que as escolas deveriam possuir um protocolo de treinamentos contra incêndios e pânicos.
As instituições públicas e privadas de ensino, sejam elas creches, escolas de ensino fundamental, médio ou universidades deveriam ser obrigadas a oferecer um treinamento teórico e prático de prevenção e combate a incêndios e pânicos ao corpo docente, discente e funcionários, sendo inclusive disciplina curricular obrigatória nas instituiçoes de ensino. Essas matérias deveriam incluir também técnicas e noções de evacuação em recintos escolares e creches.
Em caso de ocorrência de um incêndio ou situação de pânico num dos estabelecimentos acima mencionados que adotem a prática de simulados em seu dia-a-dia com caráter preventivo, que adota a cultura da prevenção e combate a incêndios e sinistros têm muito mais chances de reduzir o até mesmo eliminar o número de vítimas no acidente que aquelas outras que não têm nenhuma noção de prevenção e não adotam uma prática de simulados no recinto escolar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.